fbpx

O Prático

Home Fóruns Raiz Profissão O Prático O Prático

Este tópico contém 11 respostas, possui 4 vozes e foi atualizado pela última vez por Avatar marquinhos 2 semanas, 1 dia atrás.

  • Autor
    Posts
  • #1016
    Avatar
    Curso H
    Participante

    O Prático é o profissional aquaviário não tripulante que presta Serviços de Praticagem embarcado. Possuindo experiência e conhecimentos técnicos relacionados a navegação, a manobra de navios e às peculiaridades locais, assessoram os Comandantes das embarcações durante o trânsito e manobras nas chamas “Zonas de Praticagem” (ZP) em que se divide o litoral brasileiro.

    No Brasil, os Práticos podem optar por trabalhar reunidos em associações ou empresas de praticagem, ou de forma autônoma (menos comum). Práticos não são militares ou funcionários públicos. Ele trabalham de forma autônoma, sem vínculo empregatício com os seus tomadores de serviço, que são os armadores, ou seja, os donos ou operadores dos navios.

    A profissão é regulamentada pela Autoridade Marítima, que é exercida pela Marinha por meio da Diretoria de Portos e Costas (DPC). A Marinha também é responsável por fixar a quantidade ideal de Práticos para cada Zona de Praticagem (ZP), buscando trabalhar entre um número mínimo (tal que seja possível manter a disponibilidade permanente do serviço e evitar o trabalho em condições de fadiga) e um número máximo (tal que permita a todos os Práticos da ZP manter a sua proficiência e habilitação).

  • #5305
    Avatar
    gmpinho
    Participante

    Gostaria de saber sobre a jornada de trabalho do profissional prático.

    • #5308

      Oi Gmpinho,

      O Prático trabalha em formato de escala que é definida localmente pelos Práticos de cada ZP.

      Essas escalas podem ser definidas livremente desde que não descumpram a NORMAM-12 (documento baixado no site da DPC e constante do edital).

      Abs

      • #5309
        Avatar
        gmpinho
        Participante

        Entendo, mas não é possível dar um exemplo de alguma zp? Como está funcionando hj?

      • #5311

        Isso varia e pode ser alterado a qualquer momento pelos Práticos do local.

        No geral são escalas bem boas.

        Nas publicações do edital que são os assuntos cobrados na prova não constam informações sobre elas, então eu não tenho essas informações pra te passar.

        Mas as vezes as escalas estão disponíveis nos sites das respectivas Capitanias dos Portos dentro da aba praticagem, pode ser que você encontre exemplos de algumas delas.

        Abs

  • #5306
    Avatar
    gmpinho
    Participante

    Gostaria de mais informações sobre a formação de praticante de prático. Qual a carga horária e se o praticante é remunerado.

    • #5310

      O Praticante tem que cumprir um plano que é definido especificamente para cada ZP, ou seja, cada ZP possui um número mínimo de manobras a cumprir.

      Esse número vc pode encontrar na NPCP de cada ZP (não cai na prova).

      O Praticante como não presta serviço não é remunerado, mas em muitas ZPs existe algum tipo de ajuda ou empréstimo definido localmente, mas não existem regras quanto a isso e portanto não existe documento para se pesquisar.

      Abs

  • #6022
    Avatar
    marquinhos
    Participante

    Olá!
    Estou vendo pela primeira vez o assunto. No primeiro texto da Curso H referente à profissão são mencionados como vantagens por exemplo o tempo para a família e a qualidade de vida, mas não foi dito nada sobre a remuneração do profissional Prático, mesmo que média. Poderia responder por favor? Obrigado.

    • #6023

      Oi Marcos,

      A remuneração do Prático depende dos lucros da empresa de Praticagem de cada porto dependendo da movimentação de cada mês.

      Como existem mais de 20 Zonas de Praticagem e os portos oscilam movimentação mês a mês, não é possível determinar uma remuneração média do Prático.

      Abs

  • #6024
    Avatar
    marquinhos
    Participante

    Obrigado pelo retorno.
    Porém fica vaga a resposta assim como uma resposta dada a um outro participante em relação à carrega horária, compreendemos que a carga horária é variável assim como a remuneração, ok, mas vocês poderiam nos passar exemplos, a menor remuneração e maior registadas mas ZPs no mês de maio deste ano por exemplo, assim como a carga mínima e máxima prevista por lei. Vocês são responsáveis por cursos na área, preparação para concurso,tem acesso facilitado a estás informações para depois repassa-las a nós, até porque fazem parte do processo de tomada de decisão tem ingressar ou não no próprio curso que um custo e nem é garantido que se consiga uma vaga pois para isso o aluno tem que fazer um concurso, ou seja, ingressar ou não em vaga é de inteira responsabilidade do interessado. Baseado nesses itens, acredito que é do interesse de todos os pretensos futuros inscritos no curso, ter acesso a estas informações.

    Att
    Marcos

    • #6030

      Oi Marcos,

      Como os Práticos são profissionais autônomos, o lucro auferido por cada e sua respectiva carga de trabalho é informação privada, e eles não divulgam, portando não tenho essas informações para te dizer.

      As informações disponíveis são as constantes na NORMAM-12, publicação disponível no site da DPC e que consta no edital do processo seletivo. Nela está estabelecido os requisitos mínimos e máximos de escala de rodízio e fainas de praticagem em cada ZP.

      Abs

  • #6031
    Avatar
    marquinhos
    Participante

    Bom dia!

    Obrigado pelo retorno, sinceramente um tanto vago seguindo os comentários anteriores, mas parece ser o método.

    att.

Você deve fazer login para responder a este tópico.